CCXLVI

21:27


Cosmic - Harumi Hironaka


Minha embarcação
por um mundo de sonhos
não afunda entre
as tempestades todas
que chegam do norte
atropelando o sul,
o leste
e o oeste.
Navego firme,
assobiando determinado,
cantando bem baixo
uma canção ouvida
há milênios
nos braços de um
outro mundo
para o qual me sinto
guiado…
Outro céu…
Outros mares…
Outros fogos…
Outros ventos…
Outros horizontes…
Eu só navego porque
quero ver se consigo
pegar o curso das
Grandes Águas Cósmicas
que me guiem direto
para Lá…
Retornar…
Quero Retornar…
E deitar-me nos braços
das águas de Lá
em uma outra barca
onde poderei continuar
o meu navegar.

Inominavelmente,
INOMINÁVEL SER.




You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts