CXCVI

21:20




As estrelas indicam
muito caminho ainda
a ser percorrido...
Então,
que tal dançarmos
ao som das flautas
de Krishna e Pan,
ao som da voz
de Talía e Iemanjá?
Que tal juntarmos
todas as Musas,
as da Terra,
as de outras Terras,
outros universos,
de toda a Criação,
em uma grande
Existencial Festa?
Que tal chamarmos
também Deuses
Que Sabem Dançar
(Deuses nos quais
podemos acreditar)
para honrarmos
A Verdadeira Vida,
A Verdadeira Felicidade,
O Verdadeiro Amor,
O Manifestado
No Véu Material
E Imaterial?
A nossa existência,
humana irmã,
humano irmão,
pode e deve ser
amparada pelo
Alto Sonhar
O Alto Sonho,
não existem apenas
lágrimas,
não existem apenas
dores,
não existe apenas
guerra,
sofrimento,
angústia
e perda!
Mesmo que solitários,
humana irmã,
humanos irmãos,
façamos a
Grande Festa
em nossos corações,
no silêncio mais
meditativo
da nossa interna
canção!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
para Compreendermos
A Transformação
E O Retorno!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
para Compreendermos
A Ascensão
E A Queda!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
para Compreendermos
As Luzes
E As Trevas!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
com
Deusas
em nossos Jardins!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
com
Deuses
em nossos Jardins!
Dancemos,
humana irmã,
humano irmão,
com
A Deusa
de nossos Jardins!
A Deusa
Organizadora
Da Verdadeira
Festa Existencial!


Inominavelmente,
INOMINÁVEL SER.




You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts