CXCV

21:16




Festivamente,
transito de um lado
para o outro,
visitando cada Jardim
desta Cósmica
Imensidão,
sou Viajante,
sou Andarilho,
sou um dos Eremitas
Descalços
E Sem Nome
desta Infinita
Cósmica Expansão.
Por que
apenas a um Jardim
visitar
diante das imensidões
de Jardins
existentes
nesta Criação?
Por que
apenas sentir
o frescor das Flores
de um Jardim
e ignorar a inumerável
quantidade de Flores
presentes em
todos os Jardins?
Por que,
Jardineira?
Por que,
Jardineiro?
O Alvorecer
Chama,
O Alvorecer
É A Chama,
O Alvorecer
De Todo Jardim
É Uma Cama.
Cama
onde se deve
Despertar
para poder vislumbrar
O Real Mar,
O Real Lar,
O Real Trono
Incomensurável
Da Criação.
Cama
onde os sonhos
são O Grande Sonho
Que Sonha
Toda A Realização
Da Cósmica
Vastidão.
Cama
para todos que
Sabem plantar
as sementes das
Flores
nascidas das verdades
de seus corações
nos Reais Jardins
Do Cósmico
Lar.

Inominavelmente,
INOMINÁVEL SER.






You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts