CXCIV

23:40



Os Vivos Chamam
Do Alto Da Torre
Do Pensamento.
As Vidas Clamam
No Pico Da Montanha
Do Conhecimento.
As Chamas
Dançam No Enredo
Cósmico.
As Coroas
Sobem A Escadaria
Da Eternidade.
As Cavernas
Mostram Ao Fim
A Luz Em Direção
Ao Imanifestado,
O Incognoscível,
O Inamovível,
O Inominável.
Subindo E Subindo
E Subindo,
A Alma Dentro
Da Música Silenciosa,
O Eremita Encara
Junto Ao Louco
A Totalidade Cósmica.
A Morte
E A Temperança
Se Rendem Ao Poder
Da Unificação.
As Estrelas Brilham
Ao Lado Do Mago,
Do Imperador,
Da Papisa
E Da Imperatriz.
O Papa Atravessa
Os Campos
Junto Ao Carro,
Elevando-Se
Ao Primeiro Campo
Com Os Amantes,
A Torre
E O Diabo.
A Força Comunga
Diante Do Início
Do Infinito
Com A Roda Da Fortuna
E A Justiça.
A Lua
Procria Com O Sol
Diante Do Julgamento.
O Mundo
É O Compreendido.
O Enforcado
É Aquele Que,
Enfim,
Compreendeu.

Inominavelmente,
INOMINÁVEL SER.




You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Jardins Que Visito

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Get Free Shots from Snap.com