CLXXV

23:06

A brisa
bate,
arrisco saltos
bem mais altos,
aqui
salto,
aqui
caio,
Jardim,
Jardim,
estou aqui?
Quem vai
por
ali?
Quem vem
por
aqui?
Que remédio,
qual filosofia,
qual poesia,
poderia decifrar
estes profundos
mistérios místicos
que rondam
os seres?
Seres do mundo,
o Jardim...
Seres do mundo,
ao Jardim...
Seres do mundo,
no Jardim...
Quem vai me
ouvir
no Jardim?
Quem vou
avistar
do Jardim?
Quem vai
regar
o Jardim?
Liras
cantantes,
tempo
triste,
vento
frio,
a Deusa Do Jardim
está hoje
mui calada...

Inominavelmente,
Inominável Ser.







You Might Also Like

2 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts