Planet Day - O Dia Da Terra - 22 de abril de 2009

11:28


Da fruta nascente

No ramo crescente

Da árvore presente

No eixo estremecente

Das Florestas Sagradas,

Ouço Vosso

Choro,

Mãe Gaia,

Vejo Vossas

Lágrimas...


Por que assim

Nós te maltratamos?


Por que assim

Nós te ferimos?


Por que de outra maneira

Não te amamos?


Por que de outra maneira

Não te abraçamos?


O vento a bater agora

Em minha pele

É a Vossa Voz,

Mãe Gaia,

Vossa

Voz...


O vento,

Mãe Gaia,

Ah! Como eu Sei!,

O vento

É

A Vossa Respiração

Um tanto

Desesperada!


Desesperada por estar

Sendo esquecida!


Desesperada por estar

Sendo maltratada!


Desesperada por estar

Sendo destruida!


Desesperada por estar

Sendo queimada!


Desesperada por estar

Sendo esmagada!


Mas,

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores

Não chores,

Mãe Gaia!


Ainda tocam

As trombetas

Da esperança

No verde!


Ainda tocam

Com esperança

O verde!


Ainda amam

Com esperança

O verde!


Ah,

Mãe Gaia,

Ah,

Grande Mãe,

Agora o vento

Mais suave está,

Vós abençoais

Estas poéticas mãos,

Neste dia

Poéticas mãos

Tocando na

Verde Mansão!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!

Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


Ave

Gaia!


O Verde

É

Eterno!


O Verde

Será

Salvo!


O Verde

Sempre

Alto!


O Verde

Sempre

Sendo

O Grande Coração

Da Terra!


Guerreiros por Ti lutam,

Mãe Gaia,

Vossas florestas,

Vossos rios,

Vossos mares,

Vossas cachoeiras,

Tudo O Que Tu És

Salvaguardado É

Pela Tropa Do Verde

A Guerrear Pela Vossa

Manutenção Eterna!


Regues uma planta

Todo dia,

Amiga humana,

Amigo humano!


Acarinhes um animal

Todo dia,

Amiga humana,

Amigo humano!


Pares uma hora

Todo dia

Para pensar

Na Mãe Gaia,

Amiga humana,

Amigo humano!


A Nossa

Mãe Gaia

Nos Ama,

Nos Abraça,

Nos Rega

Com As Suas

Lágrimas!


Inominável Ser

PARA A MÃE GAIA

EM SEU DIA







You Might Also Like

2 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts