LXII

20:26

Deusa Inspiração,

És Tu a dama

Por mim adorada

Nos altares nadantes

No culto que exerço

Em nome da pena.

Ao meu Espírito

Tu envias os seres

Que são reais,

Que são meus filhos,

Os personagens

Dos meus livros,

Os meus pensamentos

Filosóficos,

Os meus poemas

Como este.

Todo escritor e artista

É Filho Teu,

Deusa Inspiração.

Os que recebem

O que Tu envias

São Deuses Criadores De Criações.

Inominavelmente,

Inominável Ser.

You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts