XLIII

19:55

Vontade De Saber:

O banho de todo instante

No Ser meu todo pleno

Dos beijos da

Deusa Atena

Em meu Espírito Eterno

Fruto da Alma Eterna.

Saber não é arrogância.

Saber não é estupidez.

Saber não é aridez.

Saber não é solidão.

Saber não é anulação.

O Saber é dinâmico,

O Grande Poder Eterno

Da humilde sábia

Floresta acompanhante

Da ativação perpétua

Do Verdadeiro Poder

De Todas As Palavras.

As palavras comuns

São comuns vômitos,

As Palavras Verdadeiras

São verdadeiros tronos.

Nestes poucos imperam.

Quem impera neles,

Nunca é deposto.


Inominavelmente,

Inominável Ser.



You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Jardins Que Visito

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Get Free Shots from Snap.com