XLII

19:38

Loucos vazios

E vadios demais

São os reis do mundo.

Eles são filhos

Da mídia podre,

Que exalta os menores

Falsamente grandes

E despreza os maiores

Verdadeiramente grandes.

Sou contra essa maré

Que corrompe a Terra,

Gosto de ser diferente,

Amo ser diferente.

Se sou um louco,

A minha loucura é

Pela Filosofia,

Pela Sabedoria;

O Inominável Desconhecido,

A Deusa Atena.

Tu És Sã,

Mãe Inominável,

E Vossa Filha Atena

És Sã.

Tu És São,

Pai Inominável,

E Vossa Filha Atena

És Sã.

Que acima dos vãos

Reis do mundo

Vós sejais meus Monarcas.


Inominavelmente,

Inominável Ser.




>

You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts