LIV

22:17

O frio não traz

A dura melancolia

Ao meu Espírito.

O frio é a mim adorável,

Ele equilibra-me

No que sou,

Realiza-me no que

Serei,

É o meu grande calor.

Inverno Cósmico

Amado por mim,

Seja bem-vindo

E novamente me ame

Com As Nuvens Do

Inominável Calor!

O Inverno é uma de

Vossas Faces Fervorosas,

Pai Inominável!

O frio é tudo caloroso

Ao meu Ser,

Gélida é A Deusa Carne,

Uma Cadáver fora de

Vosso Ser Inominável!


Inominavelmente,

Inominável Ser.





You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts