XXXII

16:17

Por infinitos Mares

Naveguei no Alto

Antes de vir nadar,

Caído caído caído,

No esgoto do Baixo.

Comigo navegavam

Arquimestres e Mestres,

Discípulos e iniciantes,

Todos no Verdadeiro,

Pai De Pai,

Mãe De Mãe,

Deus De Deus Sem Ser Deus!

A queda foi vergonhosa...

A queda foi necessária...

A queda de uma multidão

Que foi toda arrastada

Para O Baixo

Por ter sido

Demasiado orgulhosa...

Sou um dos peregrinos

Neste mundo do Baixo,

Um dos caídos elevados

Quase Anjos.

Sou humano e almejo

O Retorno Ao Alto.

Sou do Alto

E choro amargamente no Baixo.


Inominavelmente,

Inominável Ser.




>

You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Jardins Que Visito

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Get Free Shots from Snap.com