XXIV

20:35

Estou no mar denso

Da cega Matéria densa,

Tentando subir

Ao Alto

Por degraus

De Ocultas Torres.

Como Tu,

Jesus de Nazaré,

Eu desejo ser!

Como Tu,

Arcanjo Cristo,

Eu desejo ser!

Como Tu,

Siddhartha Gautama,

Eu desejo ser!

Em Ti,

Inominável Desconhecido,

Eu desejo sentir-me

Teu Filho novamente

À Vossa Mesa sentado,

Ao Vosso Colo posto,

Ao Vosso Semblante vivo!

Quero A Vida

Que No Alto É

A Tua Vida!


Inominavelmente,

Inominável Ser.




>

You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts