XXII

23:00

O maravilhoso Agora

É o único tempo

Que com os meus

Olhos demasiadamente

Abertos acima

Dos débeis muros

Eu conheço.

O Passado:

Cinzas.

O Futuro:

Agora.

Tudo no Agora,

O Amanhã é todo dia

No qual caminho

Esmagando com

Os meus pés fortes

As pedras mais fortes.

Sou forte no Agora,

Forte divinamente.



Inominavelmente,

Inominável Ser.





>

You Might Also Like

0 Passantes Pelo Jardim Aqui Repousaram

Popular Posts